Em época de chuvas…que tal um bolinho de chuva?

Como anda chovendo ultimamente! Todo dia o tempo fica nublado e dá aquela clássica chuva de verão. Já que não dá pra sair, bora ficar aconchegado em casa então. E nesse caso, um cafezinho da tarde ao som da chuva vai bem não é mesmo?

Aí entra uma opção que tem tudo a ver com isso: o bolinho de chuva

A história do bolinho

Bolinho de chuva vem sempre aos montes, afinal ele nasceu para ser servido com fartura. Característica que é clássica quando o assunto é relacionado a comidinhas de vó! 

A receita desse clássico veio de Portugal e se popularizou no Brasil – da maneira que conhecemos – apenas no século XIX. Antes dessa época o trigo era caro, uma iguaria que tinha até um apelido chique: “farinha do reino”. Por causa disso muitas receitas faziam a substituição por farinha de mandioca ou cará. 

O nome, segundo uma lenda, é de que em uma tarde do século XX alguém chamou o docinho de bolinho de chuva, pois as crianças precisavam sair de quintais e ambientes abertos para se protegerem da chuva e os bolinhos eram os responsáveis por mantê-las em casa devidamente ocupadas. 

Mas claro que a receita não se reserva apenas aos pequenos e sim para todo mundo – por mais que super lembre infância não é?

Vamos de receita?

Agora que você já sabe a história, bora ver como faz esse quitute delicioso? Segue a receita!

Ingredientes
  • 2 ovos
  • 1 xícara de chá de leite
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 1 xícara de chá de açúcar
  • 2 pitadas de bicarbonato de sódio
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • Açúcar e canela a gosto
Modo de preparo

Em uma vasilha, bata bem os ovos. Junte, de pouco em pouco, a farinha de trigo, o leite e o bicarbonato de sódio. Misture e misture até que a massa fique homogênea. Depois disso vem o fermento. Aí você pode misturar devagar. 

Para fritar o bolinho, aqueça o óleo em uma panela funda de modo que cubra por completo os bolinhos. O óleo não pode estar nem muito quente – para não queimar – e nem muito frio – para não encharcar. É sempre importante tomar muito cuidado com o óleo. 

Com auxílio de uma colher, adicione pequenas porções de massa no óleo. Frite até que doure por completo. Retire do fogo com uma escumadeira e deixe os bolinhos descansando em um papel absorvente.

Aí é só finalizar com o clássico açúcar e canela! Já está pronto para servir.

Gostou da história e da receita? Continue acompanhando o blog do Asp para mais conteúdo como este!

bolinho de chuva, chuva, história, receita,

Horários de funcionamento

Loja Jd. Paraíso

SEG. À SÁB.: 07:00 - 22:00

DOM.: 07:00 - 18:00

Loja São Marcos

SEG. À SÁB.: 07:00 - 22:00

DOM.: 07:00 - 20:00

Loja Vinhedo

SEG. À SÁB.: 07:00 - 21:00

DOM.: 07:00 - 18:00



HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Loja Jd. Paraíso

SEG. À SÁB.: 07:00 - 22:00

DOM.: 07:00 - 18:00

Loja São Marcos

SEG. À SÁB.: 07:00 - 22:00

DOM.: 07:00 - 20:00

Loja Vinhedo

SEG. À SÁB.: 07:00 - 21:00

DOM.: 07:00 - 18:00


© COPYRIGHT 2022 | ASP Supermercados - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Semeia Propaganda